É apenas isso ai...


Atração, paixão, desejo; não! Só quis te oferecer o melhor de mim. Vontade de ajudar, para ser mais preciso; ajudar a vencer um medo escondido, a reconquistar terrenos perdidos, vontade de te abrir teus olhos, para que enxergasse que quase nada está perdido, quis fazer uma amizade de verdade, parecia tudo tão simples, deveria acontecer naturalmente, até porque todo meu querer nem foi arranjado, premeditado, era como a sede de um peregrino no deserto; apenas necessidade. Então com tempo o bicho homem sentiu atração até desejou e por fim parece ter se apaixonado, não por toda beleza que ela possui e admiro nem por todas as qualidades que percebi e gostei. Foi sem enfeite, sem mascara, maquiagem e sem roteiro pensado, apenas nasceu naturalmente. Hoje já sei que o que eu quis no principio não conseguir, ou pelo menos com a intensidade que julguei ser boa e agradável, e o que eu quero agora me parece está muito mais distante do que o profundo céu. E se hoje, isto que sinto é o reflexo do amor, primeiro precisam me explica o que é amor, só então eu confirmo se é ou não; ou apenas paixão, mas de uma coisa eu sei, se a paixão passar ou se o amor não for correspondido, meu melhor permanece intacto e imaculado só querendo te ajudar.

1 comentários:

thays souza 10 de fevereiro de 2011 13:32  

Sentimentalmente poético...

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
C.S.A, PE, Brazil
O cara que você desenhou em sua mente, nem mais nem menos simplesmente como você pensa!

¢σиfιѕqυєι...

... esse espaço no site para expor minhas idéias, contos e pensamentos fantasiados, do cotidiano tem de tudo um pouco, protestos, devaneios e também apresento minha ideologia de vida, é nesse pequeno espaço cibernético, que você pode descobrir um pouco de quem eu sou, e é nesse mesmo menusculo ilimitado espaço que procuro aprender um pouco mais de outros eu´s espalhados por esse submundo virtual... espero que gostem do que tem por aqui, mas se não gostarem, não saiam sem perder a oportunidade de criticar...


Comente, debata, critique, elogie ...

ραя¢єяια